quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Feliz homem novo!



Aproveitando a "onda" de cartões e mensagens de Ano Novo, aproveito e pego emprestado esta tirinha da Mafalda (genial, sempre!) para segredar o meu pedido para o ano que se inicia: Faço votos que o ser humano deixe de perder tempo sendo o seu próprio lobo e procure se tornar cada vez melhor. É isso que o planeta necessita, de homens novos. Então, não peço um novo carro, uma nova casa ou um salário maior em 2011. Peço apenas que possamos conquistar o poder de renovar-nos sempre, à procura de viver em um mundo melhor. Gostaria que os seres humanos aprendessem o significado da palavra respeito e descobrissem que não vivem em um planeta eterno. Quando olharmos realmente a nossa volta, para o nosso planeta, para a humanidade, perceberemos que sozinhos, nada somos. Sei que parece filosofia de botequim, daquelas de finzinho de noite, mas esses são os meus mais sinceros votos para 2011.  E que brindemos ao romper dos artifícios: Feliz homem novo!

Fala-se tanto da necessidade de deixar um planeta melhor para os nossos filhos, e às vezes esquece-se da urgência de deixarmos filhos melhores para o nosso planeta.  
(Autor Desconhecido) 
 Ps. Sei que desapareci do blog, mas o jornal está realmente tirando meu sangue. De qualquer forma, movimentar o Eco em Pauta está dentro da minha listinha para  2011. Devo dar uma agitada por aqui, prometo ;) . Esse post é dedicado especialmente a @jonyreys, que me permitiu voltar a usar o termo evolução.

2 comentários:

Amanda disse...

Maravilhoso! Esta certissima...que venha entao em 2011 HOMENS NOVOS, e que eu tbm possa me tornar assim tbm,bjooooo, feliz 2011.

Mariana Sebastião disse...

Amiga, seu texto está lindo, mas quando eu li "homem novo" juro que pensei em outra coisa!
Beijo, amo ♥